Solenidade de São José, Patrono Universal da Igreja

são josé

São José é o homem que Deus escolheu para ser o chefe da Sagrada Família de Nazaré, pai nutrício de Jesus Cristo e esposo da Virgem Maria. Nos Evangelhos ele aparece na infância de Jesus, em poucas citações registradas por São Mateus e São Lucas, respectivamente.

Segundo os evangelhos, São José, já noivo de Maria, ao saber que ela estava grávida, decidiu abandoná-la em segredo para que não fosse punida com a morte, uma vez que o filho não era dele.

No entanto, um anjo que lhe fora enviado em sonho disse que Maria ficou grávida pela ação do Espírito Santo, e que o menino que iria nascer era Filho de Deus. A partir de então, ele aceitou Maria como esposa.

Sendo descendente da casa real de Davi, José pôs-se a caminho de Belém para o recenseamento por causa de um decreto romano, levando consigo a sua esposa, grávida, já próximo do parto.  Lá Maria deu à luz o Menino Jesus, conforme nos conta a narrativa evangélica.

São José devotou toda sua vida aos cuidados de Jesus e Maria. Foi trabalhador, rico em virtudes e sustentou sua família com dignidade e exemplo, tornando-se modelo exemplar por sua pureza, sua lealdade, sua preocupação em ser justo, seu zelo, sua obediência à vontade de Deus, sua caridade.

Depois de Maria Santíssima, São José é o santo mais importante pois tem, diante de Deus, privilégios únicos, razão pela qual a Santa Igreja lhe reserva um culto específico: a veneração de Protodulia.

O culto de São José não pode se comparar ao de Maria, visto ser Ela a Excelsa Mãe de Deus, Medianeira de todas as graças do Paraíso. Contudo, não pode ser igual ao dos demais santos, visto ser ele o maior dos santos e singular entre todos, como sabemos, pelas prerrogativas que possui.

“A Igreja celebra a memória de S. José de modo singular em sua Liturgia com honras sumas e sumos louvores, diz Pio IX, e repetem estas expressões vários documentos da Igreja” (Mons. Ascânio Brandão, 1943). 

No ano de 1870, São José foi declarado oficialmente como o Patrono Universal da Igreja, pelo Beato Pio IX.

Com devoção e confiança, rezemos ao Glorioso São José, neste tempo tão misterioso na vida da Igreja, para que a proteja e defenda-a:

“A vós, São José, recorremos em nossa tribulação e, depois de ter implorado o auxílio de Vossa Santíssima Esposa, cheios de confiança solicitamos também o Vosso patrocínio. Por este laço sagrado de caridade que Vos uniu à Virgem Imaculada Mãe de Deus, e pelo amor paternal que tivestes ao Menino Jesus, ardentemente Vos suplicamos que lanceis um olhar benigno para a herança que Jesus Cristo conquistou com seu Sangue, e nos socorrais em nossas necessidades com o Vosso auxílio e poder. Protegei, ó Guarda providente da Divina Família, a raça eleita de Jesus Cristo. Afastai para longe de nós, ó Pai amantíssimo, a peste do erro e do vício. Assisti-nos do alto do céu, ó nosso fortíssimo sustentáculo, na luta contra o poder das trevas; e assim como outrora salvastes da morte a vida ameaçada do Menino Jesus, assim também defendei agora a Santa Igreja de Deus contra as ciladas de seus inimigos e contra toda adversidade. Amparai a cada um de nós com o Vosso constante patrocínio a fim de que, a Vosso exemplo, e sustentados por Vosso auxílio, possamos viver virtuosamente, morrer piedosamente e obter no céu a eterna bem-aventurança. Amém”.

São José, rogai por nós e protegei a Santa Igreja!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s